O SONHO QUE SE TORNA UMA REALIDADE

IPI DE FREGUESIA DO Ó COMPRA CHÁCARA COM EXCLUSIVIDADE PARA RECUPERAÇÃO DE ALCOÓLICOS E DEPENDENTES QUÍMICOS

Presente para o “Despertar da Família – Projeto Gênesis”, que completa dezoito anos e, com a maioridade, assume maior responsabilidade.

Igreja mergulhada na sociedade, sem perder sua identidade, sendo um canal de evangelização.

A Igreja Presbiteriana Independente de Freguesia do Ó, em sua reunião extraordinária no dia 15-7-2012, aprova a compra de uma chácara em Francisco Morato (SP), aproximadamente 10.000m2, com exclusividade para recuperação de dependentes de álcool e drogas. O Rev. Wellington Ribeiro fez um histórico do trabalho “Despertar da Família – Projeto Gênesis” desde sua fundação em 4-9-1994. No início, a Igreja assumiu o trabalho, fazendo a triagem e enviando para outras chácaras conveniadas durante aproximadamente onze anos. Após esse período, a Igreja, com plena identificação com o projeto, criou a ASSOCIAÇÃO DESPERTAR DA FAMÍLIA – PROJETO GÊNESIS, tendo como diretoria membros do Conselho e da Igreja; há três anos e meio, a ASSOCIAÇÃO alugou um local para ter sua própria chácara.

Há quase oito anos, a ASSOCIAÇÃO DESPERTAR DA FAMÍLIA e a IPI DE FREGUESIA DO Ó vêm trabalhando em perfeita harmonia, estando os pastores e a igreja plenamente engajados e envolvidos no trabalho. Pela Graça de Deus, os resultados são excelentes, tendo como fruto do trabalho o próprio pastor titular, reverendo Wellington Ribeiro. A Igreja, por meio do Conselho, decide dar mais um passo: ter sua própria chácara, de sua propriedade, local apropriado para a realização do trabalho juntamente com a Associação Despertar da Família – Projeto Gênesis.

Deus tem nos agraciado com o pão de cada dia e os irmãos e amigos tem sido fiéis em seus dízimos e ofertas. Com esta sintonia conseguimos adquirir o imóvel com pagamento à vista de aproximadamente 60% e o restante financiado em até 24 meses. Temos Fé em DEUS que quitaremos esta dívida antes do prazo estipulado.

A dependência química, do álcool e do cigarro, certamente tem sido nos últimos anos uma das maiores causas de destruição de jovens e adultos. As “drogas”, como popularmente são conhecidas, não afetam apenas o consumidor; direta e indiretamente, alcançam e afetam toda a família, gerando um verdadeiro caos nas relações humanas, degringolando inclusive as famílias mais bem ajustadas. Diante de um quadro inicial ou avançado de droga-dependência, as famílias buscam desesperadamente ajuda, ao perceberem que seu ente querido está prestes a sucumbir.

Sensibilizadas por essa situação de morte e angústia que atemoriza as famílias em nossos dias, a IPI de FREGUESIA DO Ó e a ASSOCIAÇÃO DESPERTAR DA FAMÍLIA decidem agregar-se àqueles que lutam contra o mal deste século, a saber, a droga.

A TUTELA DA IGREJA

A tutela da Igreja é fundamental para um trabalho completo, além da presença de dois pastores “ad continuum” toda sexta-feira às 19 h (Rev. Wellington Ribeiro e Rev. Afonso de Oliveira). Para triagem e orientação da família e do dependente, o Rev. Wellington realiza em cada mês doze plantões pastorais das 14 h às 16 h nas dependências do templo da IPI de Freguesia do Ó, para orientar as famílias e dependentes. O Rev. Afonso, pastor colaborador, toda quinta-feira vai até a chácara ministrar a palavra e trazer informações sobre o estado dos dependentes internados. Deus continua sendo o socorro bem presente nas tribulações, como preceitua o salmista.

A FAMÍLIA

A família é a peça principal na recuperação de um dependente químico. O apoio e a compreensão da família são fundamentais para ajudar o dependente.

A reunião com a família às sextas-feiras tem como objetivo maior mostrar a necessidade de orientar o dependente a encontrar o caminho de volta para uma vida digna. Esse caminho é único: JESUS CRISTO. “Respondeu-lhes Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao PAI, senão por mim”.

Os pais devem trabalhar com a prevenção, orientando seus filhos sobre o mal que o vício causa, principalmente na pré-adolescência e adolescência; devem ser amigos e companheiros em todos os momentos. Sua ajuda e orientação são fundamentais para a recuperação do viciado e prevenção dos demais.

PROPAGANDA NA MÍDIA

A propaganda na mídia nem sempre ajuda. Vemos comerciais na televisão com “saradões” e mulheres de corpo perfeito divulgando os mais diversos tipos de cerveja. Não são essas pessoas que recebemos às sextas-feiras; propaganda mentirosa e enganosa. Gostaria que fosse filmado e veiculado na televisão o bêbado caído na calçada e o cachorro lambendo sua face, ou o acidente de carro ceifando vidas que não estão ébrias, sendo apenas vítimas. O que recebemos são familiares apavorados sem saber o que fazer, pois seu querido, pessoa amada, está entregue ao vício sem condição de recuperação, extremamente debilitada e corpo físico totalmente depreciado. Quem mais sofre? Quem mais ama! Geralmente, a mãe, o pai, a esposa, os filhos, o noivo, a noiva e verdadeiros amigos.

BEBER SOCIALMENTE

Às pessoas que bebem apenas socialmente (SOCIAL que mente) a Associação propõe um desafio: ficar três meses sem ingerir bebida alcoólica e depois fazer-nos uma visita em nossa reunião às sextas-feiras às 19 h, para dar seu depoimento.

APOLOGIA À MACONHA

Fazemos um desafio àqueles que defendem a maconha, o cigarro, o whisky e a cachaça, fazendo apologia às drogas: façam um estágio conosco durante seis meses, todas as sextas-feiras às 19 h, e avaliem o encontro dos familiares, dando seu depoimento e olhando “olho no olho”. Veja na prática o estrago que a maconha e outras drogas fazem com a pessoa e sua família. As questiúnculas filosóficas propostas pelos intelectuais ficam apenas no mundo teórico. Gostaria que esses colegas estivessem conosco às sextas-feiras ouvindo e orientando as famílias, o que fazemos durante dezoito anos. Os apologistas das drogas são pessoas que não amam ninguém, não esclarecem a perversidade das drogas, não se importando com as vidas.

NOSSO LEMA

 “NÃO AMAR O PECADO, MAS AMAR O PECADOR”. Há pessoas que querem jogar no lixo o pecado e o pecador juntos. “NÃO!” Só devemos descartar o pecado, pois o pecador é muito precioso para DEUS e para nós. Temos como objetivo levar a mensagem de salvação e fazer com que se conheça a JESUS CRISTO.

 A Associação e a Igreja têm a certeza de que não somos salvos pelas boas obras, mas fomos criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais DEUS preparou para que andemos nela. Conselho, igreja e associação sensibilizados estendem suas mãos às gritantes necessidades da sociedade. Trabalham juntos, concedendo empregado e voluntário para os mais diversos tipos de trabalho na chácara e arrecadam as doações para continuidade de nosso trabalho.

 Durante a internação, os alunos recebem orientações de psicólogos, são desintoxicados, orientados para reaver sua identidade e sua reintegração na família e na sociedade. Nesse período, também são desenvolvidas várias atividades, inclusive estudos e atividade laboral, dependendo da condição física de cada aluno. A família com seus afazeres não têm condições de vigiar o doente químico todo o tempo. Assim, a chácara é o local propício, se o doente desejar sua recuperação.

 Chegam até nós dependentes enviados pelos albergues municipais, pelo Denarc, por hospitais, fórum (pelos juízes), pela Polícia Militar, Polícia Municipal, por católicos romanos, evangélicos e outras igrejas e comunidades.

 Aproximadamente 30 (trinta) voluntários têm dado sua contribuição sem nada em troca, apenas partilhando um coração de amor com o próximo.

 Com esse doar-se ao semelhante, conseguimos ver o sorriso do filho que presenciou seu pai abandonar o alcoolismo; a alegria da mãe que vê seu filho livrar-se das drogas; o sorriso do desempregado que, por meio do trabalho voluntário, hoje tem o privilégio de ver no novo emprego um futuro promissor; a restauração da autoestima, do respeito, da dignidade, da cidadania, do conhecimento e o mais importante, conhecer a JESUS juntamente com seus familiares.

 Rogamos ao Senhor nosso DEUS que derrame porção dobrada de sua abundante graça na vida das igrejas, empresas e todos os queridos que têm dado sua contribuição para a Associação Despertar da Família.

 Dentre muitos depoimentos, vamos citar apenas um, além de nosso pastor: Alexandre Freires hoje faz parte da equipe de engenheiros da Andrade Gutierrez, que está reformando o ESTÁDIO DO MARACANÃ no Rio de Janeiro. Antes usuário de crack (tinha 19 anos de idade), ficou internado na chácara durante dez meses. Acompanhamos sua trajetória durante todo o curso na faculdade até seu casamento. Hoje, um jovem transformado pelo poder de DEUS; só por esse moço, valeram os dezoito anos de trabalho. Ano passado, fez MBA na FGV.

FUTURO

Pretendemos montar na chácara um centro de recuperação de dependentes químicos modelo, mas para isso temos algumas etapas a serem vencidas. Primeiro quitarmos nossa divida, depois ter um projeto arquitetônico bem elaborado de acordo com as previsões legais. Você pode participar conosco: primeiro orando, depois fazendo-nos uma visita e, se possível, contribuindo com ofertas específicas para pagamento da chácara ou construção do centro de recuperação ou se você for um arquiteto dos bons nos doando um projeto da futura casa de recuperação.

A Empresa, ou voluntário, que sentir o desejo no seu coração de fazer uma oferta especial para ajudar no pagamento da Chácara, a seguir a conta bancária da IPI de Freguesia do Ó.

IGREJA PRESBITERIANA INDEPENDENTE DE FREGUESIA DO Ó

Banco: BRADESCO S.A. – AGÊNCIA Nº 117.1 – Conta Corrente No 71.782-7

Ou

ASSOCIAÇÃO DESPERTAR DA FAMÍLIA – PROJETO GÊNESIS

Banco: ITAU S.A. – AGÊNCIA Nº 3171 – Conta Corrente Nº 05263-6

CONVITE

Sextas-feiras, às 19 h, na Rua Dom Meinrado, 465 – Freguesia do Ó – São Paulo. Veja pelo site: <www.ipifo.org.br>. Os amados leitores desta matéria estão convidados a nos visitar, ou trazer algum dependente para nossa reunião e participar de:

  • Happy hour: horas alegres na presença de Deus e ver dependentes entregando-se para Jesus, sendo lavados e remidos pelo sangue do cordeiro.
  • Crack: ser crack na bíblia e com Jesus na veia.
  • Biqueira: estar na biqueira e beber d’água da fonte que jorra para a vida eterna, água que Jesus concedeu à mulher samaritana, e passar a ser um evangelista como ela.
  • Bocada: estar na maior bocada de transformação de vidas.
  • Fissura: ficar fissurado em Jesus Cristo.
  • Ox: ter o Ox-igênio do Espirito Santo em sua vida, para uma vida alegre, tendo a paz de Jesus em seu coração.
  • Farinha: ao cheirar o mendigo dependente de álcool ou drogas, ter o privilégio de abraçá-lo e dizer “MEU IRMÃO, TE AMO EM CRISTO JESUS”, presenciando em pouco tempo uma vida totalmente transformada.
  • Cocaína: será um conjunto de pequenas partículas de amor, solidificando o coração e tendo a cada dia um teco de amor ao próximo.

JESUS É O FIM DA PICADA!

Amados, enquanto DEUS nos conceder o privilégio de usar esse trabalho como “canal de evangelização”, nosso desejo é ser usado por Ele para aumentar o número de ovelhas do seu rebanho.

AJUDE A SALVAR ALGUÉM QUE ESTÁ SENDO ARRASTADO PARA MORTE.

DROGAS: A ILUSÃO QUE MATA!

Presbítero Aristeu de Oliveira, vice-presidente da associação, secretário do conselho e participante junto às famílias na sexta-feira.